Diabéticos Podem Comer Tapioca?

diabeticos podem comer tapioca
diabetes controlada banner 336x280

Voc√™ sabe responder se Diab√©ticos podem comer tapioca? O diabetes mellitus √© caracterizado por uma altera√ß√£o no metabolismo da glicose causada pela defici√™ncia na produ√ß√£o ou na a√ß√£o da insulina (horm√īnio respons√°vel pelo controle da glicemia do organismo).

Para pessoas com a diabetes , a ingest√£o exagerada de alguns alimentos pode ser um perigo. Uma d√ļvida bastante comum entre elas √© sobre como criar e manter uma dieta saud√°vel.

Sim, quem tem diabetes pode comer tapioca, beterraba, batata doce e ovo, desde que todos esses alimentos sejam consumidos nas doses certas e estejam inseridos numa dieta alimentar personalizada, balanceada e adequada para diabéticos.

A tapioca pode fazer parte da alimenta√ß√£o de quem tem diabetes, podendo inclusive substituir o p√£o em algumas refei√ß√Ķes. Lembrando que a tapioca √© fonte de carboidratos e, em excesso, pode aumentar os n√≠veis de glicose no sangue. Assim, deve fazer parte de um plano alimentar equilibrado, de acordo com as necessidade cal√≥ricas do paciente.

Uma das principais quest√Ķes da dieta dos diab√©ticos √© o impacto da glicose no organismo, j√° que o paciente de diabetes costuma ter quantidades mais altas de a√ß√ļcar no sangue.

Os carboidratos que s√£o consumidos se quebram e s√£o transformados em glicose, mas h√° dois tipos diferentes: os simples (a√ß√ļcar e massas refinadas), que s√£o digeridos mais rapidamente, e os complexos (gr√£os integrais) que demoram mais para passar por esse processo.

Ao ingerir um alimento às pessoas com a doença precisam observar dois pontos: o seu índice glicêmico, a velocidade com que a glicose entra no organismo (se o carboidrato é simples ou complexo) , e a carga glicêmica, quantidade de glicose que irá entrar no organismo.

A tapioca, que √© um alimento feito a partir da f√©cula da mandioca, n√£o cont√©m gl√ļten e gordura.

Comparado ao pão tradicional, a tapioca é um alimento com baixo índice glicêmico, tornando-a uma opção mais saudável e indicado para pessoas com diabetes.

Mesmo assim, é preciso tomar cuidado e consumir moderadamente. Outro ponto importante: fique atento ao recheio, não adianta utilizar a opção mais saudável e incrementá-la com alimentos calóricos ou doces, que podem trazer prejuízos nutricionais.

Na d√ļvida, o melhor √© conversar com o seu nutricionista para saber qual √© a dieta mais adequada e saud√°vel, intercalando com outros alimentos.

Você Também vai Gostar

O Que √© a Tapioca ‚Äď Do que a Tapioca √© Feita

A Tapioca é o amido extraído da mandioca em forma de fécula. Possui um sabor neutro e um poder de geleificação muito alto. Por este motivo é muito usado na culinária como espessante, tanto para doces, como para salgados, diferente do amido de milho.

A farinha de tapioca possui quase nenhuma fibra e prote√≠na. Essa √© composta quase 100% por carboidratos. Seu valor nutritivo √© muito baixo, mas no entanto ela n√£o possui gl√ļten. Assim, pode substituir outras farinhas nas dietas de quem quer um refei√ß√£o gl√ļten free (livre de gl√ļten).

A farinha de tapioca fornece uma parte do carboidrato em forma de amido resistente. Este tipo de amido que não é digerido, ou seja, não é quebrado em forma de glicose, para ser absorvido pelo sangue.

Pesquisas t√™m mostrado que, em geral, n√≠veis moderados de consumo de amido resistente √© bem tolerada por pessoas saud√°veis. Al√©m disso, tamb√©m oferece muitos benef√≠cios para melhorar alguns dos muitos problemas de sa√ļde mais comuns hoje em dia, tais como:

  • Estabilizar os n√≠veis de glicose no sangue e aumento da sensibilidade √† insulina.
  • Melhorar os n√≠veis de colesterol e triglic√©ridos.
  • Reduzir o apetite e aumentar a saciedade, o que pode levar a perda de peso e manuten√ß√£o do peso mais f√°cil.
  • Mesmo assim, a tapioca deve ser consumida com restri√ß√£o por quem tem diabetes, mas nunca em substitui√ß√£o do p√£o. O p√£o integral, ainda √© a melhor op√ß√£o, devido ao fornecimento de fibras.

Cuidados ao Consumir a Tapioca

Fique atento ao recheio: n√£o adianta adotar a op√ß√£o mais saud√°vel e utilizar alimentos cal√≥ricos ou doces, que podem ser prejudiciais. O melhor √© conversar com o nutricionista para saber qual √© a dieta mais adequada e saud√°vel, respeitando as limita√ß√Ķes do card√°pio e equilibrando com os outros alimentos.

Dica: o recheio com ovo, tomate e semente de linhaça é saudável e pode ajudar no controle da doença metabólica.

diabetes controlada banner 730x200

Receita de Tapioca para Diabéticos

Até agora, a tapioca pareceu muito ruim, não é mesmo? Então, como ela pode ser consumida por quem tem diabetes? O truque é combiná-la com os ingredientes certos para baixar o índice glicêmico.

Os carboidratos refinados e com menos fibras, como a tapioca, precisam ser misturados a alimentos ricos em proteínas e/ou integrais. Dessa forma, a digestão fica mais lenta e não ocorre a liberação muito alta de insulina.

Uma boa dica √© colocar fibras na massa. As op√ß√Ķes incluem chia, farinha de coco e farinha de maracuj√°. J√° no recheio, voc√™ pode inventar receitas com alimentos deliciosos e cheios de prote√≠nas, fibras e gorduras boas. Carnes s√£o uma boa sa√≠da para isso, ovos, tamb√©m. Outras ideias s√£o:

  • Tofu
  • Atum
  • Guacamole
  • Pasta de amendoim
  • Creme de cacau com avel√£ sem a√ß√ļcar
  • R√ļcula, tomate e azeite
  • Banana com aveia
  • Ma√ß√£ cozida com canela
  • Creme de alfarroba

E, para ajudar na vida moderna, a tapioca também é muito fácil e ser preparada. Você só precisa aquecer a frigideira, peneirar a tapioca e espalhá-la até formar um disco. Depois, coloque o recheio e dobre. Rápida e prática. Ideal para o café da manhã ou para o lanche da tarde.

A Tapioca para Diabéticos está Liberada!

Portanto, a tapioca pode ser uma opção saudável para quem tem diabetes, ou um perigo terrível, tudo depende de como for preparada. Saber combinar ingredientes e baixar o índice glicêmico é fundamental para ela ser um alimento viável para os diabéticos.

Preste bastante atenção ao escolher as receitas e não exagere no preparo. A maioria das pessoas usa duas colheres, mas, se você conseguir usar só uma para fazer a massa, melhor ainda! Prepare uma tapioca fina e combine com proteínas e fibras… E pronto. Ela está liberada!

‚Ėļ B√ĒNUS ‚óĄ

Milho

Esse alimento tem baixo índice glicêmico e pode ser incluído no cardápio de quem tem diabetes do tipo 1 ou 2.

O milho é rico em proteínas e carboidratos, podendo prevenir doenças cardíacas, hipertensão e também auxiliar no controle da diabetes.

Outro componente encontrado no milho, o manganês, ajuda na manutenção da glicose, assim como o amido garante o bom funcionamento do aparelho digestivo.

A quantidade adequada é ingerir até quatro colheres de sopa dos grãos.

Oleaginosas (Amendoim)

Algumas pessoas acreditam que as oleaginosas, especialmente o amendoim, podem ser prejudiciais para quem tem diabetes, mas isto não é verdade.

Os alimentos oleaginosos s√£o ricos em gorduras monoinsaturadas que t√™m a√ß√£o antioxidante e s√£o protetoras ao organismo.

Apesar disso, as oleaginosas são muito calóricas e por isso é preciso ficar atento às quantidades.

Farinha Branca

Os alimentos elaborados com a farinha branca, como os pães e as massas, não são recomendados para os diabéticos, porque possuem um alto índice e carga glicêmica.

Substituir a farinha branca pela farinha integral é uma boa escolha porque ela não proporciona altos picos glicêmicos.

Por√©m, os alimentos integrais possuem boas quantidades de carboidratos e por isso os portadores de diabetes tamb√©m n√£o devem abusar no consumo.Se inscreva em nosso ‚Ėļ Curso Gratuito e ACABE com sua DIABETES NATURALMENTE ‚Ėļ

diabetes controlada banner 725x342
0 Shares: